quarta-feira, 25 de julho de 2012

Resenha: One Direction na Machester Arena


Quebrando a tradição de deixar o ato mais esperado para o final, caiu para a One Direction abrir oKey 103 Live na Manchester Arena.
Performando exatamente na véspera do aniversário de dois anos de sua formação, essa é uma boy band que percorreu um longo caminho em um curto tempo, conquistando a América com um cobiçado álbum em primeiro lugar.
E eles conquistaram a arena também – conseguindo gritos altos o suficiente para levantar o telhado com seus vocais macios e charmes de boy band.
E há calorosas boas vindas particularmente para o garoto local Harry Styles e para o single número um, What Makes You Beautiful.
“É muito bom estar em casa,” Harry diz. “Vocês são barulhentos e nós podemos ver você aí no fundo.”
Mas a One Direction é apenas o ato de abertura de uma noite comandado pelos DJs da Key 103 Mike Toolan e Chelsea Norris e se orgulhando do total de 12 artistas dos topos dos charts.
Em seguida é Alexandra Burke com uma enérgica lista de músicas.
O mais novo single Bad Boys é o que mais agradou a platéia na sua lista.
E então é a hora do DJ Fresh com uma extraordinariamente apta música animada de festa.
Hot Right Now resume a atmosfere, Louder pode também ser uma ordem para a multidão.
Então é a vez de Cover Drive e seu novo single Sparks e o número um Twilight.
Eles vieram de Barbados e dizem ter trazido o sol com eles.
Ninguém está reclamando.
Então é Labirinth, que quase criou um terremoto quando ele pulou a barreira entre o palco e a platéia e foi para o meio da galera.
Talvez resumindo a idade da platéia, Will Young, barbado e usando um camisa floral parece algo como um veterano. Seu momento de destaque é com Jealousy.
A partir dai, com Rizzle Kicks entre os favoritos de depois do intervalo, a noite se torna em um menu que compreende saborosos momentos para as crianças que gostam de pop.
E qualquer que seja a direção que as pessoas estão indo para a casa, não é provável que muitas delas saíram com “fome de música”.
Fonte: Men Media

Nenhum comentário:

Postar um comentário